av dom bosco (2)

Câmara aprova projeto de Lei que pode mudar a iluminação pública municipal

Clique aqui para Imprimir
A Prefeitura de Marilândia enviou à Câmara Municipal um projeto de Lei solicitando autorização para realizar junto à Caixa Econômica Federal uma operação de crédito para reformular toda a iluminação pública da sede e interior, trocando as atuais lâmpadas por modelos de Led.

O projeto foi votado na Sessão de ontem (20) e aprovado pela maioria da Câmara.  A expectativa agora é de que a Caixa aprove a operação para que possamos realizar o serviço.  A troca da iluminação é um investimento que vai garantir mais eficiência, segurança aos moradores  e economia aos cofres públicos.

De acordo com a Prefeitura, atualmente o município recebe em torno de R$ 25 mil reais de taxa de iluminação, e gasta R$ 54 mil entre conta de luz e manutenção, o que gera um saldo negativo de R$ 29 mil reais mensais.

“Pretendemos começar pelo Centro, e logo após expandir para todo o município. Este é mais um avanço nos investimentos da melhoria da iluminação pública, ferramenta importante para a segurança. Além disso, aliado à qualidade na iluminação, também teremos uma grande economia, pois as lâmpadas de Led consomem menos energia que as convencionais”, destacou o prefeito de Marilândia, Geder Camata.

Hoje, a iluminação da cidade conta com iluminação tradicional de lâmpadas de alto consumo quem possuem pouca eficiência na luminosidade. As lâmpadas de Led reduzem o consumo energético em aproximadamente 70% comparado à iluminação tradicional; possuem vida útil superior à 50.000 mil horas mantendo o fluxo luminoso acima de 95% e não possuem componentes frágeis ou facilmente quebráveis; não possui gases tóxicos em sua composição e não necessita de descarte especial; permite melhor uniformidade de iluminação; não aquece o ambiente; não atrai insetos e não emite radiação UV (ultravioleta).